3.1. Expressões

Num programa podemos escrever expressões juntando valores de um ou mais tipos de dados e operações sobre esses valores.

É óbvio que a articulação de valores e operações numa dada expressão tem que ser coerente, tanto do ponto de vista sintático como do dos tipos. Não faz sentido, por exemplo, multiplicar o nome de uma pessoa pela distância da Terra à Lua.

Qualquer expressão pode ser avaliada,

Por exemplo, uma expressão que adicione dois valores de tipo inteiro é também ela do tipo inteiro e o seu valor é o resultado da soma dos dois números.

 

Para vermos que o computador consegue fazer somas podemos fazer o seguinte programa que calcula a soma de 245 e 455 e imprime o resultado no ecrã:

Se executarmos este programa, o computador calculará o valor da expressão 245 + 455 e depois imprimirá esse valor no ecrã. O utilizador verá no ecrã o valor 700.

Se quisermos dar mais alguma informação ao utilizador, para ele ver, por exemplo, uma linha com o texto 245 + 455 = 700, fazemos:

Repare na primeira instrução: a instrução System.out.print("245 + 455 = ") escreve o texto 245 + 455 = no ecrã; não faz o cálculo pois a expressão está entre aspas.

Usamos System.out.print em vez de System.out.println para que não seja feita mudança de linha no ecrã após a escrita de 245 + 455 =

Experimente "executar ao vivo" este programa:


Anterior: 3. Representação e manipulação de dados

Seguinte: 3.2. Literais. Memória. Variáveis. Instrução de atribuição